Augusto Vasconcelos defende pauta das assistentes sociais

Na manhã do dia 27, o vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB) participou de um ato em defesa das pautas trabalhistas dos profissionais que atuam nas áreas de Assistência Social e Psicologia.

Entre as reivindicações, os participantes do ato afirmaram que estão lutando por melhores condições de trabalho e pediram mais valorização no exercício da profissão. Os manifestantes exigiram o cumprimento da jornada de trabalho de 30 horas e a contratação de mais servidoras para atuar no município.

Na condição de ouvidor-geral da Câmara Municipal de Salvador, Augusto Vasconcelos lembrou das vistorias aos equipamentos da Prefeitura, onde atuam assistentes sociais e psicólogas. Conforme o vereador, muitos dos locais visitados não possuem impressora, dificultando o trabalho. 

O parlamentar informou que protocolou um projeto de lei que pretende assegurar a presença desses profissionais nas escolas municipais, cumprindo uma lei federal.

“A classe trabalhadora é nossa origem, nossa história, é o nosso compromisso e é a nossa causa. Vamos aqui reafirmar também a pauta das 30 horas. Não faz sentido, seja do SUAS, seja do SUS, que as únicas categorias que não têm direito às 30 horas são as assistentes sociais e as psicólogas. Falo no feminino, pois são categorias majoritariamente de mulheres e os homens aqui se sentem também representados com a expressão de gênero no feminino, porque elas merecem o nosso reconhecimento. São profissões imprescindíveis”, disse Augusto Vasconcelos.

Ele completou: “Esse pessoal, aqui, passa anos estudando, fazendo especializações, se dedicando a um concurso público, fazendo todo o tipo de enfrentamento para atender à população, que grande parte da sociedade trata como invisível”.

O ato serviu também para destacar o PL nº 1214/2019, que está em tramitação na Câmara dos Deputados e estabelece a jornada semanal de 30 horas. Buscando a aprovação da matéria, as profissionais têm realizado inúmeras ações que buscam assegurar direitos.

Fonte da notícia: Assessoria do vereador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.