Três mortes por hepatite misteriosa são reportados na Indonésia; EUA investigam óbito

A Indonésia confirmou, nesta segunda-feira (2), a morte de três crianças em decorrência da hepatite aguda, que até o momento possui origem desconhecida, doença já relatada à Organização Mundial da Saúde (OMS) por vários países. O estado de Wisconsin, nos Estados Unidos, investiga uma morte. De acordo com o Ministério da Saúde, a hepatite é uma inflamação que atinge o fígado por causas diversas, sendo as mais frequentes as infecções pelo vírus tipo A, B e C. Conforme o Estadão, até o dia 21 de abril, 21 casos foram registrados pelo mundo, com base no último boletim divulgado pela OMS. No período, apenas uma morte havia sido relatada pelo sistema de saúde britânico, mas sem maiores informações a respeito do histórico de saúde da vítima. Casos também foram notificados na Espanha, em Israel, nos Estados Unidos, na Dinamarca, na Irlanda, na Holanda, na Itália, na Noruega, na Holanda, na França, na Romênia e na Bélgica. E agora também na Indonésia e Cingapura. Em relação aos casos na Indonésia, as vítimas morreram nas últimas duas semanas em Jacarta, com sintomas como náuseas, vômitos, diarréia, icterícia e febre. Embora a síndrome atinge pacientes de até 16 anos de idade, a maioria dos casos está na faixa de 2 a 5 anos.Bahia Noticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.