Toffoli suspende investigações sobre Flávio Bolsonaro

Presidente do STF determinou suspensão de todos os processos nos quais dados bancários de investigados tenham sido compartilhados por órgãos de controle sem autorização judicial prévia.

A pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, determinou nesta terça-feira (16) a suspensão de todos os processos nos quais dados bancários de investigados tenham sido compartilhados por órgãos de controle sem autorização judicial prévia.

Na decisão, o presidente do STF também ordenou a paralisação de inquéritos e procedimentos de investigação criminais (PICs) em tramitação tanto no Ministério Público Federal (MPF) quanto nos Ministérios Públicos estaduais e no Distrito Federal, segundo O Globo.

Para Toffoli, é “temerária” a atuação do MP em casos que envolvem o compartilhamento de informações fiscais sem a supervisão do Judiciário.

O filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) por suposto desvio de dinheiro em seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

A suspeita é de que parte dos salários de servidores lotados no gabinete do então deputado era recolhida pelo parlamentar. Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *