Tadeu Schmidt conta que acreditava na vitória de Eslovênia no BBB 22

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Primeiro ano no comando do Big Brother Brasil, Tadeu Schmidt revelou que errou feio ao prever no início do reality da Globo um campeão, que não chegou a ficar nem entre os cinco finalistas. O apresentador acreditava que a pernambucana Eslovênia Marques venceria a 22ª edição.

"Ela é divertida demais, uma menina simpática e tal… Quando a Eslovênia chegou [ao programa], foi a primeira pessoa a entrar na casa, eu olhei e falei: 'que menina bacana, essa menina é a favorita', conta Tadeu em entrevista ao programa "Fim de Expediente", da rádio CBN.

Ele também reconheceu que com o passar das semanas, outros participantes foram subindo na sua escala de favorito a levar o prêmio de R$ 1,5 milhão para casa. "Depois tive vários favoritos. O fato é que cada dia a gente acha que um é o favorito. Aquilo vai mudando com o decorrer dos dias. É difícil prever, logo no começo, quem vai ganhar. As coisas mudam a toda hora", admite ele.

Tadeu ainda relembrou trecho do discurso final revelando a vitória de Arthur Aguiar na atração: "No BBB, às vezes é o grande protagonista que vence, às vezes é alguém que, no fim das contas, conquista o público por outros motivos", finaliza o apresentador.

Noticias ao Minuto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.