Shakira é acusada de suposta sonegação de R$ 90 milhões em impostos na Espanha

Para escapar do fisco espanhol, a artista tinha 14 empresas fantasmas em paraísos fiscais.

A cantora colombiana Shakira está sendo investigada pelo governo da Espanha por ter supostamente sonegado cerca de R$ 90 milhões em impostos. Para escapar do fisco espanhol, a artista tinha 14 empresas fantasmas em paraísos fiscais, de acordo com informações do El País. 

Além disso, a reportagem destaca que, como as empresas não possuem funcionários ou materiais, teriam como único propósito esconder a fortuna de Shakira em locais como as Ilhas Virgens e as Ilhas Caymã.

Condenação em 2011

Em 2011, Shakira chegou a pagar 24 milhões de euros à Espanha, que já havia a considerada culpada por sonegação. Desta vez, a investigação foca nos anos 2012, 2013 e 2014. O desfalque em impostos é avaliado em 14,5 milhões de euros.

No ano passado, Shakira testemunhou e alegou que não morava na Espanha. Ela se rotulou como uma “nômade sem raízes” e que não morava em “nenhum lugar em específico”, apesar de viver em Barcelona com o marido, Gerard Piqué, desde 2011. Varela Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *