Prefeitura estima 100% de vacinados em 30 de novembro e critica decisão do MS

O prefeito Bruno Reis estimou que toda a população soteropolitana esteja vacinada no dia 30 de novembro. De acordo com ele, o avanço da vacinação pode inclusive permitir que se comece o diálogo para a realização do Réveillon e do Carnaval em Salvador e permitir novas flexibilizações.

“O prefeito flexibilizou as atividades, os horários são livres, mas não significa que não estaremos cobrando o cumprimento dos protocolos. Nossas equipes estarão nas ruas fiscalizando, fazendo blitz e ronda, mas nunca escondi isso de ninguém: temos uma cidade com 3 milhões de habitantes e dependemos da colaboração das pessoas. Esse mês de setembro é decisivo. Durante o mês de outubro vamos começar a dialogar com os outros atores sobre Réveillon e Carnaval, porque internamente isso já está sendo discutido. Eu quero crer que isso ocorra diante do avanço da vacina, pode ser que a gente chegue até 30 de novembro com todo mundo vacinado”, afirmou em coletiva de imprensa nessa sexta-feira, 17.

Bruno criticou ainda a recomendação feita pelo Ministério da Saúde para suspender a vacinação de adolescentes sem comorbidades. Apesar da discordância, o prefeito decidiu acatar a decisão para garantir o respaldo legal para a população.

“Considero uma decisão equivocada. Mas vocês sabem, o prefeito cumpriu todas as decisões, tanto pra vacinar quanto pra não vacinar. Eu não ia manter uma vacinação sem a segurança e o respaldo legal para a população pois tudo isso contribui para gerar mais instabilidade. Essa decisão precisa ser previamente comunicada. O que estamos vendo hoje é que o Ministério da Saúde toma uma decisão de forma isolada e a Anvisa e os outros órgãos são contra essa decisão. Não restava outra alternativa a não ser suspender”, disse. A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *