Prefeitura autoriza contenção de encostas em 32 localidades de Salvador

Medida foi anunciada em razão das chuvas que atingem a capital há uma semana.

O prefeito Bruno Reis (DEM) autorizou na manhã desta terça-feira (28) a realização de obras para contenção de encostas em mais 32 regiões de Salvador. A medida foi anunciada em razão das fortes chuvas que atingem a capital há uma semana. Segundo a gestão municipal, do total, oito encostas são fruto do programa de consulta popular Ouvindo Nosso Bairro

Ao autorizar os serviços, o prefeito disse que o trabalho de enfrentamento para evitar possíveis tragédias começa antes do período chuvoso. Ele afirmou, contudo,  que as chuvas de dezembro foram, de certo modo, inesperadas.

“Entre 11 obras já em andamento e 32 novas, temos investimentos que chegam a R$44 milhões, sendo R$3,7 milhões somente na rua Oswaldo Cruz [no Rio Vermelho]. É um local de risco, com problemas que têm impacto direto no trânsito, devido ao risco constante de deslizamento. Com a obra, vamos devolver a mobilidade à região, buscando proteger a vida das pessoas, permitindo novamente o uso da calçada, evitando acidentes, e garantindo a fluidez viária. As obras começam de imediato”, explicou. 

Bruno Reis disse ainda que, até 2013, Salvador possuía 1.040 áreas de risco registradas. “De lá para cá, concluímos obras de contenção em 330 localidades, atacando diretamente um terço do problema na cidade”, afirmou. 

Ações 

Segundo a autorização concedida hoje, a encosta da rua Oswaldo Cruz receberá ações envolvendo aplicação de solo grampeado, contenção em tela, passeio em concreto, drenagem e construção e reforma de escadarias. A execução do trabalho fica sob a supervisão da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra). 

Contenção de encostas (Ouvindo Nosso Bairro):
– Rua Papa Capim (Canabrava)
– Vila Leal (Campinas de Pirajá)
– Caminho 3 – Quadra D (Fazenda Grande I)
– Rua Aymorés (Rio Vermelho)
– Rua Oswald (Cajazeiras VII)
– 4ª Travessa Santo Antônio da Glória (IAPI)
– Rua Arthur Coelho (Curuzu)
– 2ª Travessa Oliveira (Arraial do Retiro)

Contenção de encostas:
– Rua Engenheiro Austriciliano/Ladeira do Cacau (São Caetano)
– Rua Oswaldo Cruz (Rio Vermelho)
– 1ª Travessa Moreira (Fazenda Grande do Retiro)
– Vila Braulino (Curuzu)
– Vila José Sales (São Caetano)
– Rua Carlos Marighella/Trecho 1 (Colinas de Pituaçu)
– Rua Carlos Marighela/Trecho 2 (Colinas de Pituaçu)
– Rua Porto Alegre (Tancredo Neves)
– 2ª Travessa Thomaz Gonzaga (Pernambués)
– Avenida Nova República (Santa Cruz)
– Rua Irmã Dulce da Bahia (Cajazeiras VI)
– Rua José Tibério (Boa Vista de São Caetano)

Geomantas:
– Rua Virgílio Gonçalves (Pero Vaz)
– Travessa Moisés Mendes (Sussuarana)
– Avenida Érica (Castelo Branco)
– Rua Oswaldo Martins de Castro (Lobato)
– Vila Leal (Campinas de Pirajá)
– Travesssa da Favela/Rua da Paz (Pau da Lima)
– 2ª Travessa São Domingos (Pau da Lima)
– Rua J, Caminho 1 – 3ª Etapa (Castelo Branco)
– Caminho 4, 5ª Etapa (creche) (Castelo Branco)
– Rua dos Romanós (Dom Avelar)
– Rua São Benedito (Pau da Lima). Metro 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.