Praias de Salvador e Camaçari são contempladas com selo ecológico Bandeira Azul

Três praias baianas, entre 22 do Brasil, foram contempladas com o selo ecológico Bandeira Azul do Júri Internacional do Programa na última semana. O selo define os locais aptos a receberem a certificação ambiental e sustentável na temporada 2021/2022. A cerimônia de entrega das bandeiras acontece entre novembro e dezembro, no início da temporada de verão no hemisfério sul.

Compõem a lista as praias da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, em Salvador, Guarajuba e Itacimirim, ambas em Camaçari. Em dezembro de 2020, a praia de Itacimirim já havia recebido o certificado pela primeira vez. Já Guarajuba recebe o título pelo terceiro ano consecutivo. 

O selo avalia 34 critérios, com foco em gestão ambiental, qualidade da água, educação ambiental, segurança e serviços, turismo sustentável e responsabilidade social, que devem ser atendidos, mantidos e comprovados anualmente.

“Por conta da pandemia, houve dificuldade para alguns em realizar testes de balneabilidade da água e certas atividades relacionadas ao programa. No entanto, com a ajuda de nossos parceiros, todos os critérios foram cumpridos, ganhando reconhecimento do júri nacional e internacional”, avalia Leana Bernardi, coordenadora do Programa Bandeira Azul no Brasil.

O Programa Bandeira Azul foi criado pela FEE – Foundation for Environmental Education, instituição internacional com diversos integrantes representando seu respectivo país. No Brasil, o Operador Nacional do programa é o IAR – Instituto Ambientes em Rede, localizado em Florianópolis, Santa Catarina.  A Tarde

Praia de Guarajuba foi uma das contempladas. Foto Jean Victor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *