Operação Lavagem de Iemanjá: 200 PMs reforçam segurança no Rio Vermelho

Esquema conta ainda com 13 bases móveis de policiamento; festa foi cancelada pelo segundo ano consecutivo.

Cerca de  220 policiais militares atuam na “Operação Lavagem de Iemanjá”, montada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), nesta quarta-feira (2). A ação é feita na extensão dos bairros de Rio Vermelho a Ondina, em Salvador, das 6h às 23, com o intuito de manter a segurança de baianos e turistas. Há ainda o apoio de 13 bases móveis de policiamento. Por causa da pandemia, a festa foi cancelada pelo segundo ano consecutivo – o que não impediu Iemanjá de receber dezenas de oferendas nesta manhã.

O comandante de Policiamento Regional da Capital (CPRC) Atlântico, coronel Antônio Souza Sampaio, informou que atuam na festa militares de 12 Companhias Independentes da PM, da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) e dos Batalhões de Choque e de Policiamento Turístico (Beptur). 

“Os Largos da Mariquita e de Santana, Colônia dos Pescadores e a Praia do Buracão são pontos de atenção, pois acabam sendo escolhidos pelos devotos para entrega de presentes no mar”, disse o oficial, acrescentando que nas primeiras horas do dia foi realizada a escolta da imagem de Iemanjá, com representantes religiosos. Metro 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.