Notificações de dengue, zika e chikungunya crescem entre 340% e 1.059% em Salvador

Chikungunya obteve um aumento muito expressivo comparado ao ano passado

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), divulgou nesta terça-feira (15), aumento em casos de zika, dengue, e chikungunya. Os dados foram de janeiro a setembro deste ano, comparados ao mesmo período do ano passado.

Os percentuais de aumento variam entre entre 340% e 1.059%. O maior acréscimo foi em casos da chikungunya que somente este ano foram 1.009 notificações, já no mesmo período do ano passado foram registrados 87 casos. Logo depois vem o Zika vírus, que só esse ano teve 489 registros.

A dengue em 2018 teve 1.353 registros, em relação a este ano houve um aumento de 340%, com 5.961 novos casos registrados pela SMS. Salvador tem áreas onde o índice de infestação predial chega a ser três vezes maior do que a média registrada para a cidade.

Varela Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *