Mendonça rejeita suspeição e continua à frente de processo contra Bolsonaro

Foto: Isac Nóbrega/PR

Ministro foi indicado por Jair Bolsonaro (PL) para compor a Corte.

Indicado por Jair Bolsonaro (PL) para compor a Corte, o ministro do Supremo Tribunal Federal, André Mendonça, rejeitou uma alegação de suspeição, pleiteada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e decidiu continuar à frente de processo que tem como alvo o presidente da República

O despacho ocorreu no âmbito de uma notícia-crime protocolada pelo parlamentar em 16 de dezembro de 2021, da qual Mendonça é relator.

Na ação, o requerente argumenta que Bolsonaro cometeu os crimes de prevaricação e advocacia administrativa ao supostamente privilegiar apoiadores no episódio da demissão em massa de gestores do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Metro 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.