MDB e DEM anunciam saída do bloco articulado por líder do centrão

Informação de bastidores é que havia incômodo entre os líderes com o poder de Arthur Lira (PP-AL) nas votações e negociações com o governo.

O MDB e o Democratas anunciaram nesta segunda-feira (27) que devem sair do “blocão”, grupo de 221 parlamentares comandado por Arthur Lira (PP-AL). O progressista é também o principal articulador do centrão, grupo que apoia o governo de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

“Vamos seguir carreiras autônomas. Posicionamento regimental, requerimentos, urgência, uma burocracia que não fazia mais sentido. Impacto sobre sucessão [presidência da Câmara] é um efeito colateral, não causa. Só trataremos disso depois das eleições municipais”, afirmou à publicação o líder do DEM, Efraim Filho (PB).

A informação que circula nos bastidores é que havia incômodo entre os líderes com o poder de Arthur Lira nas votações e negociações com o governo. Em uma publicação nas redes sociais, o progressista disse ser “natural” o fim do bloco.

As informações são do blog de Gerson Camarotti no G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *