Mancha de óleo de 200 km² perto da Bahia é localizada por pesquisadores

A descoberta foi feita por um satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) na última segunda-feira (28)

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) localizaram uma mancha de óleo com aproximadamente 200 km², próximo ao litoral baiano. A descoberta foi feita por um satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) na última segunda-feira (28), as informações são do jornal O Globo.

O professor do departamento de geologia da UFRJ e especialista em sensoriamento José Carlos Seoane, explicou sobre as imagens. “O radar é muito sensível a ver rugosidade e lisura. O óleo é muito liso em comparação com a água do mar, que tem ondulações. Onde tem óleo, a água fica muito lisa. Esta é uma técnica consagrada para verificar se existe mancha de óleo”, disse.

Seoane ainda disse que é difícil que o material chegue ao Rio de Janeiro, pois provavelmente a mancha de óleo vai encontrar a linha da costa baiana antes, mas “nada impede que outras venham a chegar ao Rio”, afirmou.

De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente dos Recursos Renováveis (Ibama) até a última terça-feira (29), 268 pontos foram atingidos pelo petróleo. Ao todo, 94 municípios espalhados por todos os nove estados nordestinos foram afetados.

Varela Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *