Luiz Henrique admite dificuldade do Bahia com times fechados: ‘Faltando capricho’

A criação ofensiva do Bahia tem sido motivo para críticas em alguns dos últimos jogos do Bahia. Foi assim no empate em 0 a 0 com o Azuriz, pela Copa do Brasil, e na derrota para o Ituano por 1 a 0, pela Série B. Na opinião do lateral-esquerdo Luiz Henrique, está faltando capricho ao time tricolor nos momentos cruciais. Para ele, o foco no treinamento será a solução para este problema. “É uma situação que estamos tendo um pouco de dificuldade nessa marcação. Tá faltando um pouco de capricho no último passe, finalização, chute de fora da área. Mas isso só vamos consertar no treinamento. Vamos continuar trabalhando firme para melhorar mais e conseguir uma solução para esse tipo de defesa”, disse Após conhecer o seu primeiro revés na Série B, o Bahia saiu da liderança, mas segue dentro do G-4. Ciente da responsabilidade de seguir no pelotão na frente, o jogador falou em lidar bem com a pressão para não se atrapalhar na sequência da temporada. “Acredito que a gente tem que se acostumar com a pressão e não deixar que seja uma adversário. Temos que deixar as coisas fluir e temos continuar nessa pegada para se manter. Não tem muito o que mudar”, indicou. Luiz Henrique também falou sobre a titularidade no Bahia. Ele destacou a importância de ser o escolhido e lembrou dos colegas de posição Djalma e Matheus Bahia. “Não diria peso. Com certeza tem a responsabilidade de ser, teoricamente, o titular da posição. Ainda mais tendo o Djalma e o Matheus Bahia para disputar a posição. É uma responsabilidade bem grande”, destacou. Com dez pontos, o Bahia ocupa a segunda posição da competição nacional. A equipe joga nesta terça-feira (3), às 19h, contra o Londrina na Arena Fonte Nova.Bahia Noticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.