Jadson não abre mão de multa e emperra rescisão amigável com o Vitória

Na teledramaturgia, o trajeto já é conhecido por todos. Quando acaba uma novela, começa outra. E o Vitória parece seguir essa “sina” oriunda da televisão. Após o término do “caso David” (relembre aqui), outro enredo novelesco se inicia na Toca do Leão. É a situação do meia Jadson. De acordo com a diretoria do clube, o jogador se recusou a rescindir seu vínculo contratual de forma amigável, conforme havia se comprometido no início da semana (saiba mais aqui). Ele exige a multa pela distrato. A diretoria tem tentado a cumprir o acordo verbal acertado inicialmente com Jadson. Vale lembrar que o atleta não tem boa relação com Rodrigo Pastana, novo diretor de futebol do Vitória. Caso não se chegue a um denominador comum, certamente o “caso Jadson” se tornará um “dramalhão” bem mexicano e será resolvido na Justiça do Trabalho. Em contato com o Bahia Notícias, Jadson não quis comentar o assunto. “Quem está conduzindo essa situação é meu empresário. Ele que tem falado com o pessoal do Vitória”, resumiu. A reportagem tentou falar com Marcelo Robalinho, agente do jogador, mas não obteve sucesso até o fechamento da matéria.Bahia Noticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.