Ideia de colar desconhecida Eleusa em Isidório não dá certo e candidato desidrata

Nos últimos levantamentos divulgados, Isidório já aparece atrás de Major Denice (PT).

A estratégia dos marqueteiros do PSD de colar a imagem de Eleusa Coronel (PSD), esposa do senador Angelo Coronel (PSD), em Sargento Isidório (Avante) não deu certo e o candidato, que já chegou a liderar pesquisa para prefeito de Salvador, desidratou.

Nos últimos levantamentos divulgados, Isidório já aparece atrás de Major Denice (PT) e próximo aos índices que conseguiu na eleição de 2016.

Políticos do PSD já concluíram que a estratégia de podar Isidório e, ao lado de Eleusa, tentar aproximá-lo de classe média alta não deu certo.

A avaliação é que, ao contrário do marido, Eleusa nunca teve voto em Salvador e jamais poderia ajudá-lo a decolar na campanha.

Além disso, existe a avaliação que retirar o jeito “doido” do candidato, que o projetou ao posto de deputado mais votado da Bahia e de Salvador, acabou com qualquer chance dele de chegar ao segundo turno.

Na pesquisa do Instituto Paraná, divulgada nesta terça-feira (20), Isidório está em terceiro lugar. No início do ano, em levantamento do mesmo instituto, o candidato liderava a pesquisa, à frente até de Bruno Reis (DEM). Varela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *