Geraldo Júnior propõe política de crédito para empresários de Salvador

Medida tem com o objetivo amenizar impactos da pandemia de Covid-19.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Geraldo Júnior (MDB), afirma que continua se esforçando para amenizar os impactos da pandemia do novo coronavírus para os empresários de Salvador. Na quinta-feira (4), durante a live da Associação dos Empresários de Veículos Seminovos da Bahia (Assoveba), ele propôs a criação de uma política de crédito para os empresários da capital baiana.

“Os empresários estão há meses com os estabelecimentos fechados. Muitos vão demorar para poder reabrir. Isto vai ter um impacto econômico muito grande. Estes setores vão precisar de incentivos para continuar com os negócios. Por isso, vou estabelecer o diálogo com a Desenbahia. Com certeza, existem linhas de crédito que podem ajudar as categorias”, afirmou.

Geraldo Júnior destaca que, desde o início das medidas de combate à disseminação do coronavírus, que resultaram no fechamento do comércio, tem buscado junto ao prefeito ACM Neto estratégias para a reabertura gradual e segura de alguns setores. Entre as conquistas, ele comemora a volta das atividades, nesta semana, das concessionárias, revendas de veículos seminovos, lojas de decoração, além dos açougues nos bairros com medidas restritivas.

Equação

“O desafio neste momento é resolver a difícil equação de salvar vidas, mas também manter a atividade econômica. Essas empresas geram emprego e renda. Muitos pais e mães de família precisam trabalhar e levar o sustento para casa”, disse.

“Estes setores que já começam a reabrir vão tomar todas as medidas de prevenção e proteção necessárias, como higienização do ambiente, disponibilização de álcool em gel e uso obrigatório de máscaras. Agora vamos buscar também uma política de crédito para ajudar na recuperação econômica nesta retomada das atividades”, concluiu Geraldo Júnior.

Fonte da notícia: Diretoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *