Geninho recusa proposta do Vitória: “Agradeci, fiquei honrado, porém recusei”

A quinta passagem do técnico Geninho, de 72 anos, pelo Vitória ainda não será desta vez. Demitido pelo Rubro-Negro, em junho deste ano, após o clube alegar dificuldades financeiras por conta da pandemia, o treinador recusou um convite do Leão para assumir o clube.

“Ontem(5) tive um contato com uma pessoa ligada ao Vitória. Fui perguntado sobre uma possível volta. Agradeci, fiquei honrado com o convite, porém recusei”, disse o experiente comandante, ao Arena Rubro-Negra.

Sem clube, após pedir demissão do Avaí, devido ao mau desempenho da equipe catarinense, que assim como o Vitória está na zona intermediária da Série B, Geninho afirmou que buscará se cuidar por conta do coronavírus, doença que já o infectou em novembro.

“Estou saindo de uma Covid, como sou do grupo de risco, os médicos me recomendaram que eu me cuidasse um pouco e me afastasse um tempo do trabalho”, disse.

Sem técnico desde a saída de Eduardo Barroca, em 27 de novembro, o Vitória tem Rodrigo Chagas sob o comando da equipe profissional. Até o momento, foram três jogos – dois triunfos e uma derrota. Portal A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *