Estaria Paul McCartney torcendo por Johnny Depp contra Amber Heard?

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O cantor Paul McCartney, ex-integrante dos Beatles, não escapou de ter seu nome associado à luta judicial entre Johnny Depp e Amber Heard, que está na reta final após mais de seis semanas desde que o julgamento teve início no tribunal do condado de Fairfax, no estado americano da Virgínia.

Amigo íntimo de Depp, McCartney exibiu projeções com fotos do ator durante a apresentação da música "My Valentine" num show em Seattle, nos Estados Unidos, em maio deste ano. As imagens são trechos de um clipe no qual Depp e Natalie Portman interpretam a letra da canção em linguagem de sinais.

A volta de "My Valentine" aos shows do músico inglês acendeu a hipótese de que se trataria de uma espécie de mensagem em apoio ao astro de Hollywood, que, envolto na luta judicial contra a ex-mulher, foi tirado dos planos da Disney para a franquia "Piratas do Caribe", na qual ele estrelava o famoso personagem Capitão Jack Sparrow.

A relação de Depp e McCarteny também é reforçada pela banda Hollywood Vampires, que o ator integra juntamente com Alice Cooper e Joe Perry –da banda Aerosmith. Além de ser composta por nomes famosos, a banda teve a ajuda de Paul McCartney para gravar seu primeiro disco.

Com uma carreira de 40 anos no cinema, Depp já afirmou em entrevistas que a música é sua paixão. Ele foi visto, às vésperas do fim do julgamento contra Heard, no palco de um show da turnê europeia do guitarrista Jeff Beck. Eles cantaram e tocaram juntos as músicas "What's Going On", de Marvin Gaye, "Little Wing", de Jimi Hendrix, e "Hedy Lamarr", de próprio Beck

Noticias ao Minuto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.