Diretor do Vitória avalia que atletas têm ‘perdido a mão’ e pede deculpas

Após a confusão generalizada protagonizada pelo Vitória no duelo contra o Atlético-CE (lembre aqui e aqui), o diretor de futebol Rodrigo Pastana avaliou que os atletas rubro-negros têm “perdido a mão emocionalmente”. Em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (16), o profissional pediu desculpas ao clube cearense e à torcida do Leão. “A pressão aumenta a cada dia. Os atletas também têm perdido a mão emocionalmente em alguns jogos, como o triste evento da última partida. Peço até desculpa publicamente ao pessoal do Atlético-CE e aos nossos torcedores. Não é isso que é passado no nosso dia a dia, não condiz com nossa instituição”, afirmou. O Vitória é um dos times que mais levou cartões amarelos e vermelhos na Série C. Para o próximo jogo, contra o Botafogo-SP, no domingo (19), no Barradão, o técnico Fabiano não poderá contar com cinco jogadores que estão suspensos (veja aqui). Na avaliação de Pastana, os cartões amarelos têm acontecido por causa do modelo de jogo. “Pressionamos alto, somos agressivos, mais intensos”, opinou. Os vermelhos, no entanto, preocupam. “Todos que tiveram essas ações foram multados, sem exceção. Temos conversas diárias com eles. Coletivamente e individualmente. Eu mesmo tive conversa com todos os integrantes que cometeram o ato disciplinar que nos mancha lá em Fortaleza, e temos conversado com eles coletivamente, tanto eu, como o Fabiano Soares, o próprio Amadeu, que acabou errando nessa última partida”, disse. Na visão do profissional, o momento é propício para pensar na contratação de um psicólogo esportivo. “Se faz necessário. Acho muito importante, mas não é uma cultura do clube. Pelo que sei, nunca teve. Isso é uma coisa a se pensar para uma medida futura”, ressaltou.Bahia Noticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.