Câmara entrega Prêmio Jânio Lopo de Jornalismo 2021

Sessão aberta pelo presidente Geraldo Júnior foi conduzida pelo vereador Téo Senna na manhã desta terça-feira (14) 

A Câmara Municipal de Salvador realizou, na manhã desta terça-feira (14), a sessão solene de entrega do Prêmio Jânio Lopo de Jornalismo 2021, nas categorias de rádio, internet, TV e jornal impresso. Nesta edição foram homenageados Andréa Silva (TV Bahia), Mário Kertész (Rádio Metrópole), Henrique Brinco (Tribuna da Bahia), Victor Pinto (Site Bnews) e Ramon Margiolle (Site Informe Baiano). 

A sessão foi aberta pelo presidente da Casa, vereador Geraldo Júnior (MDB), e conduzida pelo vereador Téo Senna (PSDB), autor do projeto que, em 2010, instituiu o Prêmio Jânio Lopo – nos anos 90, havia na Câmara o Prêmio Vladimir Herzog.  

“Louvável essa iniciativa do vereador Téo Senna de prestigiar a imprensa anualmente através do Prêmio Jânio Lopo. Nossa gestão é totalmente transparente e a imprensa tem um papel muito importante como mais um dos elos entre o Legislativo de Salvador e a população da capital baiana. Também é importante fazer uma deferência a Jânio Lopo, um jornalista que deixou sua marca indelével na história do jornalismo baiano”, disse Geraldo Júnior.

Téo Senna afirmou que sempre admirou o trabalho de articulista que Jânio fazia em Salvador e em todo o estado. E ressaltou: “Premiamos, geralmente, profissionais envolvidos com o trabalho na Câmara Municipal”. O vereador explicou que primeiro é realizado um levantamento dos profissionais dos veículos de comunicação. Depois, os vereadores votam e escolhem os jornalistas que são contemplados. 
Um dos premiados, o jornalista Ramon Margiolle afirmou que é um reconhecimento importante, sobretudo no momento complicado em que a imprensa vive, com tantos ataques aos profissionais. “Mas nos incentiva a continuar no caminho correto, da busca incessante da notícia”, disse.

Victor Pinto, também premiado, afirmou que “infelizmente, estão ocorrendo diversos casos de agressão à imprensa, mas políticos e mandatos passam e a instituição jornalismo permanece firme e forte porque é uma das premissas da democracia”.

O diretor de Comunicação da Câmara, jornalista Osvaldo Lyra, destacou a satisfação de fazer parte da entrega do prêmio aos colegas, relembrou a trajetória de Jânio na Tribuna da Bahia e falou do desafio de conduzir os trabalhos a partir de 2010, com o falecimento do “companheirinho”, como era carinhosamente chamado pelos colegas. 

Além dos vereadores Geraldo Júnior e Téo Senna e do jornalista Osvaldo Lyra, compuseram a mesa o subsecretário municipal de Comunicação de Salvador, jornalista Paulo Dantão; os vereadores Marcelo Maia (PMN) e Sandro Bahiense (Patriota); o diretor do jornal Tribuna da Bahia, Walter Pinheiro; a viúva Sueli Lopo; e a filha de Jânio, Janaína Lopo. Também estiveram presentes as vereadoras Marta Rodrigues (PT), Maria Marighella (PT) e Ireuda Silva (Republicanos). 
 

O Prêmio

Jânio Lopo trabalhou nos principais veículos impressos de Salvador e, dos 30 anos de carreira, 20 foram dedicados à área política.

Em 2010, o vereador Téo Senna apresentou o Projeto de Resolução Nº 14/2010, que instituiu o Prêmio Jânio Lopo de Jornalismo. A premiação anual destaca o trabalho dos profissionais que fazem a cobertura política da Câmara Municipal, ao tempo em que presta uma homenagem ao jornalista Jânio Lopo, falecido em 5 de março de 2010.

O prêmio já homenageou jornalistas como Emmerson José, Rita Conrado, Armando Mariani, Camila Marinho e Cristóvão Rodrigues, dentre outros.
 

Fonte da notícia: Diretoria de Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.