Bolsonaro diz que indulto a Daniel Silveira é constitucional e será cumprido

Na mesma fala, sem citar o STF (Supremo Tribunal Federal), Bolsonaro voltou a dizer que só Deus o tira da cadeira de presidente da República.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (25) que o decreto de perdão ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) é constitucional e será cumprido. “O decreto da graça é constitucional e será cumprido”, disse o presidente em Ribeirão Preto.

Na mesma fala, sem citar o STF (Supremo Tribunal Federal), Bolsonaro voltou a dizer que só Deus o tira da cadeira de presidente da República. E cobrou coerência, sem citar nomes. Bocão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.