Bancos de sangue têm déficit que chegam a 60% nos estoques

Desde o início do inverno, situação se agrava nos bancos de sangue de todo o país.

A chegada do inverno não trouxe apenas um clima mais frio e as chuvas para Salvador. Desde o início da estação, os bancos de sangue da capital têm sofrido com a queda no número de doações. Atualmente, os estoques possuem déficit que chegam a 60%.

“Essa situação se agrava com a pandemia, e nosso estado de alerta fica em torno de 60% de redução no número de doações. Paradoxalmente, o número de atendimentos vem aumentando em razão da retomada da vida social, do retorno de cirurgias eletivas, além dos pacientes que prosseguem em tratamentos de anemias, câncer, dentre outros procedimentos”, explica Érika Souza, captadora de doadores do Banco de Sangue de Salvador.

Érica também conta que nessa época do ano já existe uma queda de aproximadamente 40% nas doações de sangue e que são necessárias 80 doações diárias para manter os estoques em níveis saudáveis.

Conheça os requisitos básicos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH, etc.) em bom estado de conservação;
• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença dos pais no momento da doação);
• Estar em boas condições de saúde;
• Pesar no mínimo 50 kg;
• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;
• Após o almoço ou ingestão de alimentos gordurosos, aguardar 3 horas. Não é necessário estar em jejum;
• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e língua (12 meses após a retirada);
• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;
• Não ter tido gripe ou resfriado nos últimos 30 dias;
• Não ter tido Sífilis, Doença de Chagas ou AIDS;
• Não ter diabetes em uso de insulina;

Critérios específicos para o Coronavírus:

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 30 dias após cessarem os sintomas para realizar doação de sangue;
• Candidatos que viajaram para o exterior devem aguardar 14 dias após a data de retorno para realizar doação de sangue;
• Candidatos à doação de sangue que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções pelos vírus SARS, MERS e/ou 2019-nCoV, bem como aqueles que tiveram contato com casos suspeitos em avaliação, deverão ser considerados inaptos pelo período de 14 dias após o último contato com essas pessoas;
• Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelos SARS, ERS e/ou 2019-nCoV, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial, deverão ser considerados inaptos por um período de 30 dias após a completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindique a doação). bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *