Arena Aquática classifica atletas para Campeonato Brasileiro

Dois nadadores da equipe de atletas de alta performance da Arena Aquática Salvador vão competir no Campeonato Brasileiro Interclubes Infantil de Verão 2021, que ocorrerá na cidade de Colombo, no Paraná, entre os dias 30 de novembro e 4 de dezembro.

Manoel Felipe da Silva, 17 anos, alcançou os índices para disputar as provas dos 50 e 100 metros livres, na categoria Júnior. Já Maria Eduarda Martinez, 13 anos, disputará a prova dos 100 metros peito, na categoria Infantil 1.

Os resultados foram obtidos no campeonato organizado pela Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), realizado este mês de setembro, no qual a equipe da Arena Aquática Salvador, vinculada à Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), da Prefeitura de Salvador, conquistou o terceiro lugar.

Ainda nesta competição, Guilherme Schubach, 10 anos, conseguiu o melhor índice técnico na categoria Mirim 2, na prova dos 50 metros livres e disputará o Campeonato Norte e Nordeste de Natação em outubro, na etapa de Maceió.

Suporte aos atletas – Para Maurício Sá Barreto, treinador da Arena Aquática Salvador, o objetivo da equipe foi conquistado com o melhor desempenho possível. “Estamos nos aproximando das equipes vencedoras, do Yacht Clube da Bahia e do Clube de Empregados da Petrobras (Cepe). No próximo ano, queremos ser os campeões baianos e melhorar nosso ranking regional. É um resultado muito bom para uma equipe que só existe há um ano e meio e que atravessou uma pandemia”, comemorou.

Ele destacou que a estrutura da Arena Aquática é aprimorada progressivamente, oferecendo aos atletas a melhor piscina do estado da Bahia, suporte psicológico, nutricional e fisioterápico, além de uma academia funcional, o que tem sido decisivo para o êxito nas competições.

Manoel Felipe, que treina quatro horas por dia, seis dias por semana e ainda cursa Estatística na Universidade Federal da Bahia (Ufba), avaliou seu desempenho na competição baiana como excepcional. “Fiquei surpreso porque vinha numa semana ruim de saúde, mas meu treinador adaptou os treinos e conseguimos os índices. Ainda temos muita coisa para melhorar, mas foi uma felicidade enorme. O trabalho de Edvaldo Valério, que é o meu ídolo, na gestão da arena, é fundamental. E agora eu vou ao brasileiro para ser campeão”, comentou o atleta.

Maria Eduarda também demonstrou otimismo quanto ao Campeonato Brasileiro e destacou a união da equipe como fator de sucesso. “Estou muito feliz, batalhando todos os dias, treinando bastante para melhorar meu desempenho, fruto dos profissionais da Arena e da nossa equipe acolhedora, que é como uma família para mim”, concluiu. Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *