Aos 64 anos, “Sheik do tráfico” é preso; homem construiu mansão cinematográfica

Aos 64 anos, o libanês Joseph Nour Eddine Nasrallah, conhecido como Sheik, finalmente foi preso. O chefe de uma quadrilha internacional figurava no topo da lista dos 20 criminosos mais procurados pelas polícias do Brasil. Ele foi localizado pela Polícia Civil de São Paulo, nesta sexta-feira (18/10), em Campinas.

Sheik ganhou o apelido porque construiu em Valinhos, no interior paulista, uma mansão luxuosa, avaliada, em 2007, em R$ 40 milhões. No mesmo ano, ele foi preso pela Polícia Federal, na Operação Kolibra (Conexão Líbano-Brasil), suspeito de liderar a organização que compra toneladas de cocaína na América do Sul e exportar em navios cargueiros para os EUA, Portugal, Espanha, Reino Unido, a Alemanha, a Suíça e para países do Oriente Médio. Informe baiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *