Toffoli se declara suspeito para julgar desembargadores do TRT-BA

O presidente do Supremo Tribunal federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Toffoli, se declarou suspeito para julgar quatro desembargadores e um juiz do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA), investigados por venda de sentenças. O julgamento da reclamação disciplinar está marcado para esta terça-feira (24), às 9h30.

Segundo O Antagonista, o ministro, por meio de sua assessoria, não esclareceu o motivo da recusa. O julgamento será conduzido por Luiz Fux.

A reclamação culminou na Operação Injusta Causa, deflagrada no dia 11 pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, e investiga esquema de tráfico de influência e venda de sentenças por parte de um grupo de magistrados da Corte e advogados.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *