Sempre recebe técnicos do governo sergipano para intercâmbio sobre segurança alimentar

A equipe da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) recebeu, de segunda-feira (15) até esta quarta-feira (17), técnicos da Coordenação de Segurança Alimentar e Nutricional do estado de Sergipe para intercâmbio de informações sobre banco de alimentos. Durante os três dias foram realizadas reuniões, encontros e visitas técnicas.  

A Sempre, através da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (Cosan), implementa o Programa de Complementação Alimentar Prato Amigo, que é uma ação permanente de aproveitamento de alimentos. 
O programa consiste na coleta de alimentos, realizada na cidade de Salvador, provenientes de doações, por meio da articulação com a rede convencional de comercialização, armazenamento e processamento de alimentos, contribuindo para o abastecimento alimentar de instituições sociais cadastradas e acompanhadas pela secretaria, além de combater o desperdício.

A nutricionista e coordenadora sergipana Tatiana Canuto Silva informou que conheceu o trabalho realizado em Salvador em 2018, quando os técnicos da Cosan da capital soteropolitana foram a Aracaju apreciar o projeto ganhador do Prêmio Progredir, na categoria hortas. 
“A gente veio com o intuito de conhecer as ações de segurança alimentar e nutricional, com foco no Prato Amigo, porque colocamos no Plano Plurianual (PPA) de Sergipe a criação de um banco estadual de alimentos. Então, a gente veio conhecer essa experiência exitosa para replicar e multiplicar essa ideia que já deu certo. A equipe foi muito solícita. Nós conseguimos realmente fazer uma troca de experiências”, disse.  

Para Gabriel Falcetta, coordenador da Cosan, o intercâmbio com trabalhadores da segurança alimentar e nutricional de outro estado serve para avaliar o trabalho que está sendo realizado em Salvador. 
“Quando eles vêm para cá, tendo o nosso modelo com referência, percebemos que o nosso papel está sendo bem feito e está no caminho correto. A troca de experiências é importante para perceber o que podemos aprimorar, sempre pensando em ofertar o melhor atendimento e serviço para o público que a gente atende, que são pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social, e que precisam desse apoio para superar essa situação”, afirmou. Secom/PMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *