Odebrecht diz à Justiça que não tem condições de pagar suas despesas

Empresário pediu que a Justiça autorize a Odebrecht a lhe pagar R$ 115,8 mil mensais, conforme acordo assinado com a empresa.

O empresário Marcelo Odebrecht pediu que a Justiça autorize a construtora Odebrecht a lhe pagar R$ 115,8 mil mensais, conforme acordo assinado com a empresa. Acionista e herdeiro da companhia, Odebrecht diz que não tem condições de pagar suas despesas pessoais.

Além disso, Odebrecht relatou que a pandemia do novo coronavírus tem impedido que ele busque outras fontes de renda para manter seu sustento. A alternativa tem sido recorrer a empréstimos de amigos. As informações são da coluna de Rogério Gentile na Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação, os valores devem ser pagos até o final do cumprimento da pena no âmbito da Lava Jato. No entanto, o pagamento foi suspenso depois de Odebrecht foi demitido por justa causa e contratou um escritório de advocacia para investigar as circunstâncias da negociação.

Há cerca de um mês, a Justiça determinou o bloqueio de R$ 143,5 milhões que a Odebrecht pagou ao empresário nos últimos anos para garantir sua colaboração com as investigações da Lava Jato e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O pedido, feito pela própria empresa, tem como justificativa que o acordo foi assinado mediante ameaças aos executivos da companhia.

Marcelo Odebrecht alega que a empresa criou essa narrativa depois que passou a se sentir ameaçada com sua colaboração para as investigações. A empresa diz que o contrato assinado é ilegal. “É incrível que o executivo que liderou um dos maiores esquemas de corrupção da história e que foi condenado onze vezes por corrupção ativa e cinquenta por lavagem de dinheiro tenha a audácia de se dizer vítima da companhia”, afirma a empresa. bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *