Bolsonaro dobra nº de convidados em evento na BA, mas Rui segue com limite

Petista antes poderia levar 70 e agora passará a ter direito a chamar 100 nomes, dentro da lista total de 600 convidados

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) dobrou o número total de convidados para a visita que fará amanhã (23) à cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, mas seguiu impondo limite à relação de convocados pelo governador Rui Costa (PT) no evento. A informação é da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

O petista antes poderia chamar até 70 pessoas e passou ter direito a convidar 100 nomes. Já o número total de convidados subiu de 300 para 600. 

Além disso, Bolsonaro escalou rivais de Rui para discursar no evento. A visita ocorre em momento de tensão com o eleitorado do Nordeste, em razão das críticas flagradas na última sexta-feira (19).

A estratégia da lista de limitar o número de convidados do governador baiano seria uma forma de “virar o jogo” em território inimigo. 

Ainda segundo ao coluna, partiu de Rui a iniciativa de rever a lista. Ele havia identificado a presença maciça de críticos e queixou-se ao Planalto. No entanto, a sua lista de convidados não cresceu proporcionalmente e a presença de seus apoiadores encolheu.

O desconforto é tamanho que os aliados do governador baiano passaram a defender publicamente ontem (21) que ele não vá à cerimônia. Os apoiadores ponderam, no entanto, que foi Rui quem sugeriu a festa e que o aeroporto é um feito politicamente relevante.

Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *