BDM no Pelourinho: Principal facção do estado toma conta do Centro Histórico de Salvador

Moradores da região afirmaram que a presença do grupo criminoso é uma realidade a, pelo menos, seis anos

Nas ruas do Pelourinho, cartão postal da capital baiana, no Centro Histórico de Salvador, encontram-se vestígios da principal facção do estado da Bahia. A sigla BDM (Bonde do Maluco), está pichada em muros de casarões antigos e construções histórias.

Na noite do último domingo (12), um homem foi morto a tiros, na Rua Padre Agostinho Ramos, ao sair do show da banda Olodum, na Praça Tereza Batista. Bruno Farias Conceição, de 25 anos, foi atingido com dois tiros na cabeça, por dois homens que chegaram em uma moto, dispararam e fugiram.

De acordo com reportagem do Correio, moradores da região afirmaram que a presença do grupo criminoso é uma realidade a, pelo menos, seis anos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a ação do grupo é combatida na localidade.

Além do BDM, o Centro Histórico de Salvador tem, também, a presença de outras organizações criminosas, como a Katiara, conhecida por atuar no recôncavo baiano.

Varela Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *