ACM Neto anuncia limitações no acesso a supermercados durante pandemia

Entre as medidas anunciadas estão a autorização de apenas uma pessoa por família e um cliente por 9 m² da área total.

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou nesta terça-feira (14) novas medidas restritivas para o funcionamento de estabelecimentos comerciais durante a pandemia do novo coronavírus. Uma delas limita o funcionamento dos supermercados acima de 200 m² de área total.

A partir da próxima sexta-feira (17), as lojas deverão limitar o acesso de pessoas dentro do estabelecimento. Cada cliente deverá ter reservado 9 m². A quantidade total de clientes na loja ao mesmo tempo, portanto, dependerá do tamanho do supermercado. Também passa a ser limitado o acesso de apenas uma pessoa por família.

O estacionamento desses estabelecimentos terá sua capacidade reduzida em 50%, e só será permitida a entrada de uma pessoa por veículo. Nesse último caso, são abertas exceções em caso de no veículo haver pessoa com mais de 60 anos ou com problemas de imunossupressão, o que permitirá a entrada de até duas pessoas; ou se o veículo estiver transportando um passageiro.

“Acompanhamos nos últimos dias que acabou acontecendo superlotação de estabelecimentos que vendem produtos de primeira necessidade, supermercados em especial. Como shoppings estão fechados, praias estão interditadas, o comércio de rua não funciona, muitas famílias acabaram recorrendo aos supermercados para atividades de lazer e passeios. O objetivo não é esse. Estamos sendo muito rigorosos em relação às medidas de controle e cumprimento das restrições impostas pela prefeitura. Salvador não está em lockdown [bloqueio total] e espero não chegar a essa situação”, afirmou o prefeito, ao anunciar as novas medidas.

Além das limitações, os supermercados deverão disponibilizar logo na entrada álcool em gel ou borrifador com álcool 70. Há a obrigação também de higienização periódica dos carrinhos e cestas de compras.

Uso de máscaras

Supermercados, lojas menores e lojas maiores, ainda que aquelas excepcionalizadas no decreto que restringe o funcionamento conforme a área total do estabelecimento, devem cumprir outra nova medida anunciada pela prefeitura: o uso de máscaras. Não há exigência de padrão, mas é importante que funcionários, colaboradores e os proprietários utilizem o equipamento de proteção individual.A exigência será cobrada a partir do próximo sábado (18). bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *